Considere importar roupas usadas da China: tendência agora!

Jeans de segunda mão

Fonte: Unsplash

 

A tendência de roupas de segunda mão está subindo montanhas em termos de crescimento. É muito provável que a indústria de aparelhos de segunda mão ultrapasse a moda normal em um futuro próximo. Esse setor superou os problemas ambientais, vivendo do conceito de que 'o lixo de um é o tesouro de outro'. Cada pessoa de todo o mundo está usando roupas reutilizadas. Esta prática está crescendo a cada segundo.

As pessoas estão cada vez mais conscientes de produtos que têm valor, sustentabilidade ambiental e a presença de variedade neles. Leia mais para entender por que as roupas de segunda mão da China são uma das melhores. Roupas usadas na China e suas vestuário e roupas de inverno em segunda mão ainda são os melhores como hoje.

 

Mercado de roupas de segunda mão dos velhos tempos

Roupas de inverno usadas

Fonte: Zagumi

 

A sociedade mais uma vez se reuniu através do mundo das roupas e aparelhos de segunda mão. Sua reapropriação tem sido historicamente vista como uma prática exótica, que vai desde métodos simples e diretos de reaproveitamento de roupas não tecidas até o complexo comércio da atualidade. Muitas indústrias hoje estão reciclando a maior parte de suas matérias-primas e roupas por meio da habilidade de especialistas. Eles usaram tecnologia pré-histórica para reformar essas roupas. Um dos mais notáveis ​​foi o roupas "malfeitas" que remonta à década de 1830 na Inglaterra.

 

Feito de trapos de lã, algodão e todas as fibras, exceto a seda, era um dos setores mais avançados tecnologicamente naquela época. Certamente havia maneiras informais de apresentar roupas de segunda mão às famílias reais. Atualmente, é extremamente fácil ver a complexidade diminuída. As origens da reutilização de roupas de vestuário exigiram um conjunto de habilidades que vão desde a reciclagem econômica até o marketing. Agora é marcado como o setor em expansão para a maioria da população urbana que reside no oeste. Essa tendência começou o mais tardar no século XVII, em Londres.

 

Alguns vestígios podem ser encontrados em O diário de Samuel Pepys. Trabalhando nos serviços de alfaiataria de seu pai, suas roupas expressavam muito o orgulho e a alegria de Londres. Tornou-se uma avenida lucrativa para a família, fornecendo regularmente roupas de segunda mão para os marinheiros da marinha. Da mesma forma, o povo veneziano experimentou o mesmo boom em sua indústria de vestuário na mesma época que Londres. Infelizmente, eles tiveram que parar devido a severas tarifas e restrições regulatórias do governo. A guilda veneziana havia parado durante a peste, onde seus aparelhos eram suspeitos da doença.

 

Na tentativa de interpretar as tendências contemporâneas, vários comentaristas de moda notaram a diferença e o luxo do estilo e da moda, como o estilo retrô. Assim, o roupas chinesas usadas indústria ofereceu inúmeras oportunidades e um enorme potencial para inspirar estilos. A indústria chinesa neste setor ganhou uma visão internacional, recirculando roupas oportunamente para países de primeiro, segundo e terceiro mundo. Devido à diferença na demanda de vários aparelhos em diferentes países, pode-se dizer que a indústria de roupas de segunda mão é muito influente na opinião pública, na lucratividade industrial e no perfil cultural.

 

Roupas usadas da China vs. Europa e EUA: Qual é o melhor?

Empresa de roupas usadas chinesas de controle de qualidade

Fonte: Zagumi

 

Com a maior população de classe média do mundo e com um setor de comércio eletrônico em desenvolvimento, a China está emergindo como o maior mercado de vestuário e estilo do mundo. Ultrapassou os Estados Unidos no ano anterior. Embora os resultados de vários países mudem devido ao estigma público e aos estereótipos sociais, o núcleo da filosofia chinesa oferece aos maiores grupos as melhores roupas de segunda mão para o mundo. Atualmente, o país contabiliza mais de 5 bilhões de roupas de segunda mão por ano. A maioria da China fornece um quinto das roupas para o Japão, e esse número subiu para 27%. roupas de segunda mão por atacado China é bem conhecida por seus aparelhos feitos pelo homem de baixo custo.

 

Eis por que os chineses dominam o mercado global com seus aparelhos surpreendentes transmitidos pelos usuários:

Qualidade

Conforme referido anteriormente, o abastecimento foi novamente interrompido devido a preocupações ambientais. Lentamente, as autoridades chinesas aprovadas pelo governo receberam a responsabilidade de doar roupas que estivessem em melhores condições. Isso se tornou complicado e, portanto, eles decidiram exportá-los para outras nações. As exportações da China aumentaram de 1% para mais de 6.4%. Sua qualidade tem melhorado desde então.

Embora o Reino Unido fosse o principal fornecedor nesse sentido, isso era uma coisa há 10 anos. Atualmente, a China supera o Reino Unido no fornecimento de roupas de segunda mão em mais de 13%. Ainda hoje, possui as roupas da mais alta qualidade do mundo. Algumas pessoas nem sabiam que eram de segunda mão!

Qtd.

A China é conhecida por obter as matérias-primas de melhor qualidade de países como Índia, Paquistão e outros países. Sua indústria têxtil é de longe a mais estável e mais alta em termos de exportações e produção geral. Em comparação com os EUA e a Europa, esses números estão no topo. Roupas de verão usadas da China A indústria tem cerca de $ 60 bilhões em produção de vestuário a cada ano, dominando a participação de mercado com 10,4%. Isso representa US$ 28.4 bilhões no Reino Unido e cerca de 4% nos Estados Unidos. Sua quantidade não é brincadeira; muitas vezes enfrenta uma situação de excesso de oferta em relação à demanda das pessoas, tornando-os extremamente baratos. Não se esqueça que este país tem a maior população do mundo.

Estilos

O desenvolvimento para o povo chinês tem sido mais impressionante do que qualquer coisa. No entanto, o ônus para as indústrias têxteis em geral, e especificamente para as indústrias têxteis de segunda mão, é enorme. Os mais ricos do grupo eram considerados os inimigos, no entanto, eles pareciam estar mais satisfeitos do que qualquer coisa. Tudo graças à capacidade da China de se adaptar e desenvolver sua indústria, até mesmo os empresários da China são clientes regulares de lojas de segunda mão. Sua demanda no mercado externo também é crescente.

Em termos de estilo, a China está no mesmo nível dos EUA e do Reino Unido. Pela métrica de demanda e satisfação do cliente, o estilo parece entreter as comunidades africana e asiática.

tamanhos

As pessoas que procuram estilo nas roupas que vestem são 67%, enquanto o restante não dá a mínima. Roupas da moda é uma coisa, e sua disponibilidade para todos os tipos de pessoas é outra totalmente diferente. Assim, o mercado chinês e o Cadeia de suprimentos de roupas usadas chinesas sempre tentamos desenvolver tamanhos para pessoas de todo o mundo, incluindo estilos de tamanho grande. Como já mencionado, a China atende aos padrões africanos e asiáticos, e isso representa a maioria. Um fato que prova que os chineses têm um grande senso de moda é sua população e diversidade demográfica.

Covid-19 e higiene

Durante muito tempo, a China considerou roupas usadas anti-higiênicas. O COVID-19 tornou esse equívoco ainda pior.

Como já mencionado no diário de Pepys, o vírus nas roupas foi um dos motivos da grande paralisação dessa indústria. Por um lado, o COVID-19 perturbou a estabilidade da renda e as pessoas estão procurando roupas baratas para vestir. E por outro lado, o vírus pode contaminar as pessoas que os compram. O governo chinês tem dado grandes passos nesse sentido, assim como os EUA e o Reino Unido. Ao criar campanhas e conscientizar sobre a higiene de seus produtos, a China usou empresas de roupas para higienizar cada um de seus produtos antes das vendas.

 

Por que escolher a China?

Aparentes

Fonte: Unsplash

 

A economia chinesa é uma daquelas economias que historicamente vem melhorando e se sustentando desde os planos quinquenais. O consumo rápido devido ao crescimento populacional avassalador cria sérios e perigosos comprometimentos ambientais. A tendência ocidental de jogar fora caminhos pavimentados para montes de lixo sólido. Embora a redução das compras de têxteis na economia doméstica ajude até certo ponto, isso serve como uma solução temporária para danos de longo prazo. Aumentar a consciência do consumidor foi o primeiro passo para tal economia. A primeira empresa chinesa de roupas usadas remonta a séculos.

 

Os pontos acima mencionados são motivos suficientes para escolher um fabricante de roupas usadas china sobre qualquer outro país. Eles fornecem uma abordagem ambientalmente sustentável para lidar com esse desperdício e atividades de descarte de alto padrão. Sua história foi cheia de resistência ao conceito de vestuário transmitido pelo público em geral. No entanto, muitos estudos de pesquisa mostram que a indústria chinesa de roupas de segunda mão está agora em uma fase de boom econômico, e a resistência inicial agora é coisa do passado. Sua qualidade é excelente e inigualável. Tudo graças aos seus tecnologia de otimização de qualidade e vários outros fatores não materiais, como valores, a China agora é a melhor em termos de aparelhos. Seu estigma foi completamente eliminado.

 

Principal Takeaway

Foi-se o tempo em que prevaleciam as roupas novas. Bens de segunda mão estão se tornando cada vez mais eficientes para chegar a todos ao redor do globo. O esforço que as empresas de roupas usadas da China fizeram para esse fim é verdadeiramente notável. As roupas chinesas são extremamente econômicas, então roupas caras não estão mais fora do alcance do público de classe média. Não é apenas extremamente econômico, mas também não compromete em termos de estilo e gotejamento. Não importa se é Gen X ou Gen Z, roupas de segunda mão têm estilo suficiente para os dois. A China desenvolveu sua base desde o fundo do poço e ainda se destaca como a indústria de vestuário de segunda mão mais benéfica para o meio ambiente e de qualidade do mundo. Entre em contato conosco Para saber mais!

 

 

Maravilhoso! Compartilhe este post:

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Partilhar no LinkedIn
Compartilhar no skype

Conteúdo

Entre em contato conosco

Olá amigos, por favor, adicione o código do seu país no seu número do WhatsApp.

    Interessado emOnde você comprou antes